Mundo virtual

 


 Entrei apressado e com muita fome no restaurante. Escolhi uma mesa bem afastada do movimento, pois, queria aproveitar os poucos minutos que dispunha naquele dia atribulado, para comer e consertar alguns problemas de programação de um sistema que estava desenvolvendo, além de planejar minha viagem de férias que a tempos não sei o que são.

 

Pedi um filé de salmão com alcaparras na manteiga uma salada e um suco de laranja, afinal de contas, fome é fome, mas regime é regime. Abri meu laptop e levei um susto com aquela voz baixinha atrás de mim.

 

- Tio, dá um trocado?
- Não tenho, menino.
- Só uma moedinha para comprar um pão.
- Está bem, compro um para você.
Para variar, minha caixa de entrada está lotada de e-mails. Fico distraído vendo as poesias, as formatações lindas, dando risadas com as piadas malucas.
- Tio, pede para colocar margarina e queijo também.
Percebo que o menino tinha ficado ali.
- Ok. Vou pedir, mas depois me deixa trabalhar, estou muito ocupado, tá?
Chega minha refeição e junto com ela meu constrangimento. Faço o pedido do menino, e o garçom me pergunta se quero que mande o garoto ir “a luta”.

 

Meus resquícios de consciência, me impedem de dizer. Digo que está tudo bem. Deixe-o ficar. Que traga não o pão, mas uma refeição decente para ele. Então ele sentou à minha frente e me perguntou:

 

- Tio que você tá fazendo?
- Estou lendo uns e-mails.
- O que são e-mails?
- São mensagens eletrônicas mandadas por pessoas via Internet.
Sabia que ele não ia entender nada, mas, a título de livrar-me de maiores questionamentos disse:
- É como se fosse uma carta, só que vem pela Internet.
- Tio, você tem Internet?
- Tenho sim, essencial ao mundo de hoje.
- O que é Internet?
- É um local no computador, onde podemos ver e ouvir muitas coisas, notícias, músicas, conhecer pessoas, ler, escrever, sonhar, trabalhar, aprender. Tem de tudo no mundo virtual.
- E o que é virtual?

 

Resolvo dar uma explicação simplificada, novamente na certeza que ele pouco vai entender e vai me liberar para comer minha refeição, sem culpas.

 

- Virtual é um local que imaginamos, algo que não podemos pegar, tocar. É lá que criamos um monte de coisas que gostaríamos de fazer. Criamos nossas fantasias, transformamos o mundo em quase como queríamos que ele fosse.

 

- Legal isso. Adoro!
- Mocinho, você entendeu o que é virtual?
- Sim, também vivo neste mundo virtual.
- Você tem computador?
- Não, mas meu mundo também é desse jeito... virtual.
Minha mãe trabalha, fica o dia todo fora, só chega muito tarde e quase não a vejo, eu fico cuidando do meu irmão pequeno que vive chorando de fome e eu dou água para ele pensar que é sopa, minha irmã mais velha sai todo dia, diz que vai vender o corpo, mas não entendo pois ela sempre volta com o corpo, meu pai está na cadeia há muito tempo, mas sempre imagino nossa família toda junta em casa, muita comida, muitos brinquedos, dia de natal e eu indo ao colégio para virar médico um dia.

 

- Isso é virtual não é tio?

 

Fechei meu laptop, não antes que lágrimas caíssem sobre o teclado. Esperei que o menino terminasse de literalmente “devorar” o prato dele, paguei a conta e o troco dei para o garoto, que me retribuiu com um dos mais belos e sinceros sorrisos que já recebi na vida e com um “brigado tio você é legal!”.

 

Ali, naquele instante, tive a maior prova do virtualismo insensato em que vivemos, todos os dias, enquanto a realidade cruel nos rodeia de verdade e fazemos de conta que não percebemos!

 


“A causa real da maioria dos nossos grandes problemas está entre a ignorância e a negligência”. - Goethe



Postado por: ð¡n às 11h22
| envie esta mensagem [link]



O Papel Amassado...

 

Quando criança, por causa de meu caráter impulsivo, tinha raiva a menor provocação. Na maioria das vezes, depois de um desses incidentes me sentia envergonhado e me esforçava por consolar a quem tinha magoado.

 

Um dia, meu professor me viu pedindo desculpas depois de uma explosão de raiva, me entregou uma folha de papel lisa e me disse:
- Amasse-a!

 

Com medo, obedeci e fiz com ela uma bolinha.

 

- Agora - voltou a dizer-me - deixe-a como estava antes.
É óbvio que não pude deixá-la como antes.
Por mais que tentei, o papel ficou cheio de pregas.
Então, disse-me o professor:
- O coração das pessoas é como esse papel...

 

A impressão que neles deixamos será tão difícil de apagar como esses amassados.

 

Assim aprendi a ser mais compreensivo e mais paciente. Quando sinto vontade de estourar, lembro deste papel amassado.

 

A impressão que deixamos nas pessoas é impossível de apagar. Quando magoamos com nossas ações ou com nossas palavras, logo queremos consertar o erro, mas é tarde demais.

 

Alguém disse, certa vez:
"Fale quando tuas palavras sejam tão suaves como o silêncio".



Postado por: ð¡n às 14h52
| envie esta mensagem [link]



Reflexão...

 

Asas para voar

 

Uma águia empurrou gentilmente seus filhotes para a beirada do ninho.
Seu coração se acelerou com emoções conflitantes, ao mesmo tempo em que sentiu a resistência dos filhotes a seus insistentes cutucões.
Por que a emoção de voar tem que começar com o medo de cair?, pensou ela.
O ninho estava colocado bem no alto de um pico rochoso.
Abaixo, somente o abismo e o ar para sustentar as asas dos filhotes.
E, se justamente agora, isto não funcionar?, ela pensou.
Apesar do medo, a águia sabia que aquele era o momento.
Sua missão estava prestes a se completar, restava ainda uma tarefa final: o empurrão.
A águia encheu-se de coragem.
Enquanto os filhotes não descobrirem suas asas não haverá propósito para a sua vida.
Enquanto eles não aprenderem a voar não compreenderão o privilégio que é nascer águia.
O empurrão era o melhor presente que ela podia oferecer-lhes.
Era seu supremo ato de amor.
Então, um a um, ela os precipitou para o abismo.
E eles voaram!


Às vezes, nas nossas vidas, as circunstâncias fazem o papel de águia.
São elas que nos empurram para o abismo.
E quem sabe não são elas, as própria circunstâncias, que nos fazem descobrir
que temos asas para voar.



Postado por: ð¡n às 14h43
| envie esta mensagem [link]



.:: Olhando Estrelas ::.


UOL









.:: E-mail ::.

E-mail


Imagens, textos, poemas e poesias são copiados da Net, respeitando-se os autores... Se algum texto ou imagem estiver sem e você souber a autoria, escreva e serão creditados...
Obrigada...
ð¡n



.:: Outros ::.










.:: Histórico ::.

24/05/2009 a 30/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
20/04/2008 a 26/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008



.:: Links de Poemas e Poesias ::.

Ana €!¡sa Poes¡as
Simplesmente Ana...
Þarte ðe M¡m
Simples Ana
ð¡n
Blog do Serelepe
Juliana Poesias
Blog de Pensamento Liberal
Pensamento Liberal


.:: Links de Músicas ::.

†Annihilator†
Tempestade®Music



Que importa se a distância estende entre nós léguas e léguas
Que importa se existe entre nós muitas montanhas?
O mesmo céu nos cobre
E a mesma terra Iiga nossos pés.
No céu e na terra é tua carne que palpita
Em tudo eu sinto o teu olhar se desdobrando
Na carícia violenta do teu beijo.
Que importa a distância e que importa a montanha
Se tu és a extensão da carne
Sempre presente?

Drumond



Prece Irlandesa

"Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos de novo...
Que Deus lhe guarde nas palmas de tuas mãos!"



 



UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis


...meu destino é ser tua
hoje eu sei disso...
descobri
no exato momento
do teu toque...



.:: Votação ::.

Dê uma nota para meu blog

.:: Indicação ::.

Clique aqui para me indicar




XML/RSS Feed
Leia este blog no seu celular



.:: Poema ::.


Nas asas de um ANJO
Ana €!¡sa


"-EU AMO VOCÊ..."

Tantas vezes me perdi em imaginar tua boca
Teu olhar...
Sussurros e gemidos no meu ouvido
Falando desse amor tão nosso.

"-Quero ser tanto para ela, estar presente o tempo todo...
cuidar dela...amá-la loucamente, que a possibilidade de não acontecer me assusta "

Nossos sonhos ultrapassam as barreiras da legalidade
Desaparece no querer estar junto
Nos permitimos estar separados...
Protegidos sob as asas de um ANJO
Conduzidos por esse amor que nos prende.
Nos preenche.

"-EUTEAMO"

Imunes??
Não estamos...
Estamos sozinhos nessa torrente de sentimentos
Louca paixão...
Fulminante e fascinante.
-te amo demais

"-eu sei disso......e tb sinto o mesmo"

Torrente de desejos...
Permitido a poucos.

"-sei que não acontece para qqer um, temos até que agradecer a Deus
por nos dar essa oportunidade de amar assim,
pena não ter sido num momento melhor"

-eu agradeço, todos os dias, desde q te conheci...o Homem q vc é...
-foi mágico... único.

"-Temos que aprender a superar ou a suportar"

Os sonhos não podem e nem devem ser superados...
Suportar as dificuldades...
Enfrentar as tempestades...
Sorrir e permitir as calmarias
Repor as energias.
Ter pensamentos perdidos...
Encontrá-los um no outro.

"-precisando muito de vc"

Dê-me força...te dou tempo
Esperanças...te dou minha vida
Protegida sob asas...
Amada sob asas
De um ANJO.



.:: Créditos ::.

.:: Layout: Thomoeda ::.



Todos os direitos
reservados ©
___________